Se nivelando por baixo, qualquer um é foda

Em resposta a uma postagem do site Jacaré Banguela, – segue o link ai http://www.jacarebanguela.com.br/2012/01/04/michel-telo-e-foda/ –

O post diz que o brasileiro deveria se orgulhar do fato de o “cantor” Michel Teló fazer tanto sucesso. Dizendo ainda que o cantor é vítima de preconceito por parte dos europeus. No post também há varias comparações entre a música “ai se eu te pego” de Michel e músicas de outros “artistas” internacionais, entre eles: Snoop Dog ( o Mr. Catra internacional), Pitbul (o próprio nome já diz), Black eyed peas (banda pop sem talento, com integrantes mais esquisitos que eu), entre outros.

A questão é: Se nivelando por baixo, qualquer um é foda. Não quer dizer que só porque eu odeio Michel Teló, eu acho Black eyed peas o máximo, pelo contrário, a maioria dos “odiadores” de Michel Teló, também odeiam esses artistas citados no post. É uma questão que vai muito além de nome e nacionalidade de artista e atinge aqueles que gostam de música de qualidade.

Quem gosta de música boa, sabe reconhecer música boa em qualquer lugar. Já quem gosta de música ruim, engole qualquer porcaria numa boa e tanto faz. Nessas horas eu vejo que devemos sim reclamar, jogar tomate, xingar no twitter e o caralho a quatro, pra ver se as pessoas acordam e o conceito de música volte a ser o que já foi.

O que é o Funk?

Então, tá havendo uma grande discussão aí no Facebook entre rockeiros e funkeiros. Beleza, agora vamos aos pontos principais:

Peguem as bandas mas renomadas de rock’n roll e percebam o TRABALHO MUSICAL desenvolvido nas músicas.

Peguem os fãs de rock e meçam seu nível cultural. Eu disse MEÇAM e não COMPAREM com o nível cultural de um funkeiro porque, convenhamos, funkeiro nem sequer sabe o que é cultura e aí fica uma comparação desleal.

Peguem as LETRAS das músicas chamadas de “COISA DO DEMÔNIO” e comparem com as de funk. Depois disso, me digam o que é do demônio.

 

E em pleno 2011, me aparece uma pessoa e diz que funk é melhor que rock.

ENTÃO ME MOSTRA A PORRA DOS ARGUMENTOS? ONDE FUNK É MELHOR QUE ROCK? Me mostra sequer uma música de funk que não tenha a mesma batida do início ao fim e uma letra que envergonha a população mundial.

EU TO DESAFIANDO UM FUNKEIRO QUALQUER AQUI AGORA! Me mostra um funk que preste que eu mudo de opinião.

beijo pra minha mãe.

Datas comemorativas

Se tem uma coisa que eu não gosto, é gente feliz se abraçando. Na micareta tem isso e eu não gosto de micareta, nem de micareteiro.

Em datas comemorativas, também é comum ver gente feliz se abraçando, logo, eu não gosto muito de datas comemorativas.

Reveillon: Todo mundo acha que vai mudar se vida, só porque vai mudar de ano.

Carnaval: O carnaval eu gosto de comparar com o inferno ou com uma micareta do país inteiro. Tinha que ser coisa de brasileiro.

Páscoa: Diz-se um feriado católico, mas ninguém lembra de deus e só quer seu chocolatinho manero. Além disso, faz os pais enganarem os filhos, que mais tarde percebem que os ovos que o coelhinho trazia são os mesmos que vendem nos supermercados.

Tiradentes: Alguém tinha que morrer, né.

Corpus Christi: Não sei nem pra que serve, mas pelo menos eu posso dormir até tarde.

Independência do Brasil: Talvez fosse melhor se tivesse continuado colônia de Portugal.

Proclamação da república: Foda-se essa merda.

Natal: Todo mundo faz merda o ano inteiro, fala mal da família o ano inteiro… e no natal é “nossa, que saudade!” “Natal é tempo de paz e união” poooorra, todo mundo só quer saber de Papai Noel, aquele velho pedófilo. Todo mundo é seu amigo, desde que você dê presentinho de natal. “Espírito natalino” é uma merda. Natal é a prova de que o capitalismo domina você.

E beijo pra minha mãe que adora essas paradas.

 

 

Ação do demônio

Nossa, cara, eu acho muita sacanagem quando você chega no supermercado e pede um peixe.

Aí o cara vem com aquele peixe cheio de gelo olhando pra você. Na verdade o peso do peixe que está escrito no pacote É MENTIRA! Eles deixam acumular água naquilo pra dar mais peso na balança e você achar que está pagando um preço justo.

Esqueçam tudo o que vocês já ouviram sobre ação demoníaca. Quem faz esse tipo de coisa é que está possuído.

E beijo pra minha mãe.

bipolaridade

Eu tava comendo banana na frente do pc, falando com Chris no msn e pensando em algum tema pra um novo post, quando ela, sem saber dos meus devaneios, veio dizendo que tinha um tema pro meu blog(mistéeeerio) e disse pra eu falar sobre bipolaridade. Eu achei super interessante, porque eu tenho tido uns problemas com isso de um tempo pra cá.

 

Bipolaridade é um merda, cara! Para com essa coisa de ser bipolar.

Na verdade não é exatamente uma merda, coitadas das pessoas bipolares, é difícil pra elas também.

É uma merda sim, lidar com essas pessoas que é difícil.

Não é uma merda não, tem que olhar o lado delas também, transtorno bipolar é uma doença.

 

Eu não sei porque, mas deve ser comprovado cientificamente que mulheres têm maior tendencia a se tornarem bipolares que os homens. Po, eu só conheço mulher bipolar.

Cara, se você for bipolar, enfia dois dedos no cu e rasga!

Eu sou bipolar, mas não vou fazer isso!

Beijo pra minha mãe bipolar!

 

só leia se você se chamar Rebeca!

Só Rebeca pediu pra eu postar algo que preste.

Enfim… é pra postar algo que preste? Beleza…

Vou falar a minha opinião sobre as manifestações que têm ocorrido na USP nos últimos dias…

Eu li tudo o que a mídia disse, mas procurei me aprofundar e vi um depoimento muito interessante de um aluno de lá.

No depoimento dele, ele citou uma só vez a palavra “maconha”… e mostrou que o protesto vai muito além de apenas alguns estudantes maconheiros que querem a legalização da erva no campus. Vou fazer aqui um resumo de tudo que ele disse pra vocês verem que não é bem o que passa na globo.

Na época da ditadura (sim, a ditadura militar) houve muita repressão na USP e alguns alunos de determinados cursos foram perseguidos e até torturados, isso resultou na proibição da entrada da PM na USP, que a partir daí se tornou um território livre para os alunos.

Porém, algumas pessoas (sem ser alunos) tiveram acesso a permanência no campus. Lá eles dizem estudar para tentarem o ingresso em outras universidades paulistas. Mas essas pessoas, em sua maioria, estavam ligadas a partidos políticos e entravam lá com o interesse de agregar estudantes a seu partido. Além disso, alguns viviam no campus sem nenhuma despesa, usufruindo dos recursos disponíveis para os alunos.

Agora, no fim de outubro, três alunos foram pegos “fumando unzinho” e foram levados na viatura para a delegacia. PUTS! E isso causou revolta nos estudantes e também serviu para que esses pseudos estudantes quebrassem tudo e fizessem aquela merda toda que passa no jornal todos os dias.

Então gente, desfaçam essa imagem de baderneiros que vocês estão tendo dos estudantes, porque até eles (OS ESTUDANTES DE VERDADE) tiveram uma oposição a esse ataque horrível que invadiu a reitoria e quebraram tudo.

E também parem de achar que tudo que a globo diz é verdade, com certeza a globo vai ficar do lado da PM e dizer que os estudantes são um bando de maconheiro vagabundo que lutam por uma causa fútil e destroem o patrimônio público! Por favor, né? vocês jã são grandinhos!

Beijo pra minha mãe, mesmo ela acreditando na rede globo.

 

É bom ler comendo frango

É sempre bom ler e comer frango, principalmente se for frito e você estiver segurando com a mão. Melhor que ler comendo frango, é postar aquele comentário irado no meu blog idiota… com as mãos sujas de frango.

Faz parte da vida, né gente? É bom se sujar de frango!

Sujem-se de frango.

Beijo pra minha mãe.

Isso sim é música de deus!

É isso que dá, né gente? Deixar crianças terem acesso a música de deus!

oeaheoaheoaheoahe “Deus tá por fora da sua sacanagem!”

Beijo pra minha mãe.

des-ca-so

Então, aqui vai meu post do facebook contendo meu sentimento de revoltadinha:

 

“É uma vergonha um estado que não se preocupa com os vestibulandos! A escola tem a cara de pau de encher o terceiro ano de trabalho e prova, sabendo que os alunos estão sob pressão por causa da quantidade de vestibular a ser feito e ao invés de ajudar ficam fazendo um discurso ridículo de que alguns alunos vão reprovar porque estão se preocupando demais com o vestibular. É LÓGICO QUE EU VOU ME PREOCUPAR COM O VESTIBULAR, é só o meu futuro que tá em jogo! E pra melhorar a situação, quem ficar de prova final tá fudido, porque é exatamente no dia do vestibular da UFES!
É, Renato Casagrande, acho que até eu no seu lugar faria melhor.
NOJO”

 

Então… essa galera só pode estar de sacanagem com a gente, sério! Eu até vejo motivos pra que o estado queira ferrar a gente, mas JAMAIS vou falar o que não é de meu conhecimento!

E enfim, mandei uma mensagem EDUCADAMENTE pro Casagrande e vamos ver se vai surtir efeito, né.

Acho que eu posso ter pegado meio pesado mas só quem tá passando por essa situação sabe o peso que tá na nossa cabeça também.

E antes de terminar, olha a cara desse cara:

é, chega.

beijo pra minha mãe.

Funkeiros:

 

Vocês ainda se orgulham de ouvir isso?

 

e beijo pra minha mãe.